sábado, 19 de setembro de 2015

Rock in Rio 2015: Ministry e o caos sonoro que infestou a Cidade do Rock

Foto: Adriana Vieira
Ministry entorpeceu o público com show pesado e intenso
Por Bruno Eduardo

Você pode até não curtir o grupo liderado pelo sinistro Al Jorgensen, mas precisa concordar que o Ministry foi o primeira banda neste Rock in Rio a socar os tímpanos da molecada ao apresentar um número vigoroso e altamente perturbador. Aos 56 anos de idade, Jorgensen é ainda uma figura bizarra - o cara foi pego urinando em público, numa área reservada para as bandas do festival e ainda beijou uma repórter antes da apresentação. Com seus dreads desbotados e uma coleção de piercings no rosto, o frontman adentrou o palco com uma bata colorida e uma bengala de caveira ao som da maçaroca sonora "Hail To His Majesty" - do último disco, From Beer To Eternity. Deste trabalho, ainda vieram mais duas em seqüência: o tiro rápido "Punch In The Face" e a pesadona "Permawar". O grupo também fez a galera da grade bater cabeça nas pancadas "Lies Lies Lies" e "Just One Fix" - esta última, do clássico Psalm 69 (lançado em 1992).

Foto: Adriana Vieira
Al Jorgensen continua sendo a mesma figura bizarra dos anos noventa
Como já é de costume, a apresentação do grupo foi marcada pelas mensagens de protesto contra o sistema e contra os veículos de comunicação. Utilizando um telão psicodélico, os alvos se alternavam entre símbolos do governo e da mídia - como o canal FOX, por exemplo. Outras faixas que ajudaram a endossar a cartilha foram as brutais Waiting” e “Worthless”, do disco Houses of the Molé (que é conhecido por ser o álbum em que os títulos das faixas começam com a letra “w”, em protesto ao ex-presidente W. Bush).

No fim, eles receberam Burton C. Bell, do Fear Factory, dando fim a violenta apresentação com as clássicas "Thieves" e "So what?" - ambas do petardo The Mind Is a Terrible Thing to Taste (1989). Resumindo: foi um massacre impiedoso aos ouvidos mais sensíveis!


Continue ligado na nossa cobertura oficial Rock in Rio. Curta a nossa fã page no facebook e siga @rockonboard no twitter e instagram.

0 comentários:

Postar um comentário