Rock in Rio: o que pode levar para comer e beber no festival?

Rock in Rio está chegando e o público já começa a se programar para o festival
Uma dúvida recorrente do público que vai ao Rock in Rio é sobre o que pode levar ao festival, já que há uma série de restrições para itens pessoais, que correm risco de serem proibidos na entrada. Assim como aconteceu em outras outras edições, a organização do festival proibiu guarda-chuvas, bastões de selfie e bebidas trazidas de casa em qualquer recipiente – até “squeezes” serão barrados. A restrição vale para qualquer objeto de vidro, plástico ou metal. Cigarros e isqueiros são liberados apenas no gramado. É permitido entrar com alguns alimentos específicos [veja na lista abaixo]. No entanto, a produção do festival recomenda levar a comida em sacos transparentes e com fecho.

PARA BEBER

Será proibida a entrada com bebidas (em qualquer tipo de recipiente), exceto garrafas plásticas para consumo de água, desde que sem tampa. A tampa poderá ser retirada pela segurança na entrada ou em qualquer local do evento. A organização informa que haverá, à disposição do público, bebedouros com água potável instalados na Cidade do Rock.

PARA COMER

Até cinco itens de:

Alimentos industrializados lacrados, como biscoitos, torradas e barras de cereal; Frutas cortadas; Sanduíches.Não será permitido o acesso com alimentos que representem intuito de comercialização ou que possam representar riscos à segurança. Qualquer quantidade que exceder este limite poderá ser descartada na entrada do evento.

O que não levar

ITENS DE CONSUMO

Garrafas;
Squeezes;
Latas;
Potes rígidos e com tampa;
Isopores;
Coolers.

ACESSÓRIOS

Guarda-chuvas;
Bastões de selfie;
Capacetes.

ITENS DE HIGIENE

Desodorantes;
Perfumes;
Cosméticos;
Pastas e escovas de dente;
Pinças;
Cortadores de unha.

E AINDA

Fogos de artifício ou explosivos;
Armas de fogo;
Armas brancas;
Tesouras;
Estiletes.
O que levar

Veja a lista completa dos itens proibidos AQUI.

Bruno Eduardo

Jornalista e repórter fotográfico, é editor do site Rock On Board, repórter colaborador no site Midiorama e apresentador do programa "ARNews" e "O Papo é Pop" nas rádios Oceânica FM (105.9) e Planet Rock. Como crítico cultural, foi Editor-chefe e colaborador do Portal Rock Press, e colunista do blog "Discoteca" da editora Abril. Desde 2005 participa das coberturas de grandes festivais como Rock in Rio, Lollapalooza Brasil, Claro Q é Rock, Monsters Of Rock, Abril Pro Rock, Summer Break Festival, Tim Festival, entre outros. Na lista de entrevistados, nomes como Black Sabbath, Aerosmith, Queen, Faith No More, The Offspring, Linkin Park, Legião Urbana e Titãs.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
SOM-NA-CAIXA-2