Últimas

Post Top Ad

Your Ad Spot

Rock in Rio: Drake se encanta com público em primeira vez no Brasil

Drake não autorizou imagens de seu show no Rock in Rio [Foto: Billboard / 2018]

Por  Marcelo Alves 

De todas as atrações do Rock in Rio, o cantor e compositor Drake talvez seja o único que está vivendo o auge de sua carreira. Dono de quatro prêmios Grammy e de uma série de hits, o rapper canadense chegou ao festival carioca cercado de expectativa e, como a sua apresentação mostrou, com uma legião de fãs prontos para cantar todas as suas músicas.

São fãs que conheciam todas as facetas de Drake para além do famoso meme em que o cantor aparece com um casaco vermelho num fundo amarelo em duas fotos: uma contrariado e outra sorrindo.

Esta é a primeira vez de Drake no Brasil. E ele mostrou que fez o dever de casa ao dizer que perguntou para alguns colegas artistas como era o público brasileiro. Drake disse que ouviu dos mesmos colegas que o Brasil é um dos lugares onde o público canta todas as letras. E ao longo de 1h15min de show, o cantor comprovou isso a cada um dos diversos hits que cantou. Entre eles “I’m upset”, “Passionfruit” e “Hotline Bling”.

"Estava nervoso por causa da chuva, mas este é um dos melhores shows da minha vida", disse Drake, que mais para o fim do show voltou a dizer que estava fascinado pelo público carioca: "Estive em muitos lugares, vi muitos rostos, mas este é um dos maiores públicos que eu já vi na vida", derreteu-se. Ao fim do show, Drake ainda prometeu que “pode ter sido a primeira, mas definitivamente não será a última vez” que ele fará shows no Brasil.

Se para Drake a apresentação foi inesquecível, o mesmo pode-se dizer dos seus fãs. Nem quando a chuva se mostrou mais impiedosa, eles deixaram de dançar e reproduzir as letras do rapper, que fica o tempo todo sozinho no palco, na maior parte das vezes com pouca iluminação sobre ele. Drake, aliás, vetou que a imprensa fizesse fotos dele na apresentação.

No show, não faltaram elementos brasileiros. Antes dele começar, foi tocado um trecho de “Aquarela do Brasil”. A bandeira nacional ficou exposta no telão do início com “Started from the Bottom” até pelo menos a quinta música. Logo depois, Drake exibiu uma réplica do Cristo Redentor. Ao longo do show, imagens do Rio também apareceram no telão.

Mas o que fez diferença para a plateia mesmo foi o repertório exibido por Drake com faixas pinçadas de seus cinco álbuns de estúdio. Com sua mistura de rap, hip hop e R&B, o cantor entregou um show que correspondeu às expectativas do seu público.

Post Top Ad

Your Ad Spot