Header Ads

test

Rock in Rio Lisboa: James faz show animado e vocalista canta no meio da plateia

O vocalista Tim Booth no meio da galera durante o show do James
Por Marcelo Alves

Banda inglesa com mais de 30 anos de estrada, mas pouco conhecida no Brasil, o James abriu o terceiro dia de Rock in Rio  para um público relativamente pequeno em comparação com o que o Parque da Bela Vista recebeu no primeiro fim de semana. Culpa de ser um dia útil, uma sexta-feira, e dá insistente chuva que resolveu dar as caras na Cidade do Rock. 

No palco, a banda que viveu a sua fase mais popular na década de 90 fez o que pode para entreter o público, mas o show foi morno.

A plateia até esteve receptiva e vibrou com músicas como “Getting away with it” e “Laid”, mas a grande empolgação só veio mesmo na segunda música do show, “Sit Down or Bells”, um dos grandes sucessos da banda e tocada no início da apresentação como prêmio aos que chegaram cedo. "Vocês vão poder dizer a quem chegou tarde que eles tocaram 'Sit Down' "- brincou o vocalista Tim Booth, que disse ter mudado o set list em função da chuva para agradar o pequeno público no local até então. 

Booth por vezes lembra Michael Stipe nos tempos de R.E.M. pelo seu jeito de cantar e dançar. A sua própria banda faz aquele tipo de indie rock que fez a sucesso do grupo americano. A diferença está mesmo na ausência de grandes hits para o público eclético como o de um festival se deleitar. 

A banda, porém, compensa isso com simpatia e um genuíno prazer de estar no palco tocando para o seu público. Booth, por exemplo, foi literalmente para a galera duas vezes. Em “Frustration” ele chegou a caminhar alguns metros no meio do público. Todos registrando tudo com seus celulares, o que fez o vocalista dar um “puxãozinho de orelha” na plateia: "Quero ver o rosto de vocês. Não os seus Samsungs e IPhones". 

Mas em “Getting Away” ele foi novamente para os braços do povo, quando foi carregado pela plateia enquanto cantava. 

Foi um show divertido para a plateia presente e compensou até os problemas de som que fez o cantor interromper duas músicas e recomeça-las. No saldo final, o James não sai como um dos grandes shows do festival, mas soube dar o seu recado. 

Nenhum comentário: