sábado, 21 de fevereiro de 2015

KIDZAPALOOZA – 5 motivos para levar seu filho ao Lollapalooza Brasil



Por Bruno Eduardo

Quem disse que festival de rock não é lugar para criança? Para quem não sabe, o Lolla dedica um espaço exclusivo para a família - onde os pequenos participam de diversas atividades durante o dia. O Kidzapalooza - que já é sucesso na Europa - promete modificar a rotina do roqueiro brasileiro. Além de oficinas de música e workshops, as crianças podem aproveitar a oportunidade e usufruir de um estúdio de tatuagens de henna, que funciona durante todo festival. Pensando no público infantil, a produção do Kidzapalooza irá preparar algumas comidinhas específicas como algodão doce e pipoca. Mas afinal, será que vale a pena levar os pequeninos em um evento desse porte? Na opinião da mamãe Marta Marinho, vale muito. “Meu filho de cinco anos gostou tanto, que vamos voltar esse ano só para ir ao Kidzapalooza”.

O Rock On Board separou 5 motivos para convencer os papais que lugar de criança é no Lollapalooza Brasil. #LollaEhAgora 

#1-Ambiente seguro para os menores

Na intenção de garantir mais segurança, o Kidzapalooza fica localizado em uma lona independente, distante dos palcos – para assim, não sofrer qualquer tipo de interferência. Com isso, as crianças não precisam ter contato com as grandes multidões, e não correm o risco de se perder dos papais no meio daquele mar de pessoas.

#2-Muitas atividades para preencher o dia

Quem não foi às primeiras edições do Lolla, talvez não saiba, mas o Kidzapalooza não se resume apenas em atrações de palco. Para Perry Farrell, essa é uma oportunidade de aprendizagem. “Promovemos várias atividades. As crianças não ficam apenas assistindo atrações. Elas participam! Com isso, levam para casa a experiência de ter realmente vivenciado aquilo”. Para se ter uma ideia dessa interatividade, na segunda edição do evento, o baterista Iggor Cavalera promoveu uma oficina para centenas de crianças [assista o vídeo abaixo].


#3-Eles também tocam!

Além de poder participar de oficinas - promovidas por artistas conhecidos - as crianças ficam à vontade para tocar os instrumentos. Até quem não sabe tocar, pode aprender os primeiros acordes no Lollapalooza Brasil. Como é permitido levar máquinas fotográficas (que não sejam profissionais), os papais podem registrar a experiência.

#4-Atrações

Uma boa pedida é conferir o projeto Malaguetas. Formado por Marina Hallack (vocal), Milu di Franco (guitarra), Carolina Hallack (guitarra), Isa Souza (baixo) e Bella Martins (bateria), esse grupo está conquistando seu espaço no cenário musical. Inspiradas principalmente pela banda The Runaways e com a vontade fazer rock com grande estilo e com o charme feminino, já participaram dos festivais "Rock Boulevard", "Quem Canta Ajuda Criança IV" e "Rock Popular Brasileiro", e atualmente contam com o apoio de Rod Duarte, produtor musical formado na renomada Berklee College of Music, que está desenvolvendo e profissionalizando a banda. 

#5-Inclusão artística!

Essa pode ser a oportunidade de seu filho descobrir a arte de uma forma direta. 

  O que levar?  

Visando um dia inteiro de maratona com as crianças, é ideal preparar uma bolsa com os seguintes itens:

- Capa de chuva
- Protetor solar
- Protetor labial
- Boné ou chapéu
- Roupas confortáveis para calor e frio
- Mochila/bolsa
- Óculos de sol
- Canga
- Alimentos industrializados (barra de cereal, torradas, biscoitos) lacrados – Limite de 4 itens por pessoa (ex. 2 barrinhas de cereal, 1 pacote de biscoitos, 1 pacote de torradas).
- Frutas pequenas (maçã, banana, pera, uva, morango…) cortadas e embaladas – Limite: até 4 unidades por pessoa

  LINE UP – PALCO KIDZAPALOOZA  
Sábado, 28 de Março
13h30 – 14h30: School of Rock (Hot Dogs for Free);
15h00 – 16h30: B-Boyz;
17h00 – 18h15: DJ Chemical Surf.

Domingo, 29 de Março
13h30 – 14h30: School of Rock (Banda Malaguetas);
15h00 – 16h30: B-Boyz;
17h00 – 18h15: DJ E-cologyk Vs Jakko.

+ Para saber a programação completa do Lolla Br, clique AQUI

LOLLAPALOOZA BRASIL - SERVIÇO 
Realização: TIME FOR FUN
Data: 28 e 29 de março de 2015.
Local: Autódromo de Interlagos – AV. Senador Teotônio Vilela, 261
Capacidade: 80 mil pessoas por dia


  COMO CHEGAR NO LOLLA?   

Nos dois dias, o festival começa às 11h da manhã e terminar às 23h no sábado e 22h no domingo. O Rock On Board sugere que o público evite as estradas e vá de metrô ou trem. Quem preferir ir de metrô, poderá utilizar a linha Esmeralda da CPTM (ligação com a Linha Amarela do Metrô), descendo na estação Autódromo, e caminhar 700 metrôs - cerca de 15 minutos a pé - até o local do festival. No sábado, as linhas da CPTM e metrô operam até a 1h da manhã. No domingo, as operações da CPTM e metrô se encerraram às 00h.

  INGRESSOS  

Lote 1 do Lolla Pass (2 dias de festival) 
R$ 580 (inteira) e R$ 290 (meia-entrada)

Lote 2 do Lolla Pass (2 dias de festival)
R$ 660 (inteira) e R$ 330 (meia-entrada)

Ingressos de Lote 1 do Lolla Day  (1 dia de festival)
R$ 340 (inteira) – R$ 170 (meia-entrada)

Ingressos do Lote 2 do Lolla Day (1 dia de festival)

R$ 380 (inteira) - R$ 190 (meia-entrada)


CENTRAL TICKETS FOR FUN

Por telefone: 4003-5588 (válido para todo o país), das 9h às 21h – segunda a sábado. Entrega em domicílio (taxas de conveniência e de entrega). Pela Internet: www.ticketsforfun.com.br 

Pontos de venda no link: AQUI

0 comentários:

Postar um comentário