sábado, 8 de novembro de 2014

Circuito Banco do Brasil: Drenna justifica presença com show de gente grande

Foto: Adriana Vieira

Por Bruno Eduardo

A responsabilidade não pesou nas costas da Drenna. Mesmo com o dever de aquecer o público - que começava a chegar na Praça da Apoteose - os cariocas se sentiram à vontade no palco, mostrando firmeza e, principalmente, roteiro próprio. 

Esmerilhando sua guitarra, a ruivinha (de cabelo laranja?) tem total domínio de suas ações, e parece saber de cór e salteado a receita para o bolo não desandar. Calcado em um bom repertório - que incluem ótimas canções próprias ("Indecisão" e sua guitarra à la Red Hot Chili Peppers) e releituras muito bem tramadas ("Eleanor Rigby", dos Beatles) - a Drenna mostra que sabe levar um show de rock na unha, sem aquela tentativa desesperada de jogar para o público (patologia que toma conta de muitas bandas iniciantes). O grupo também tira alguns coelhos da cartola. Em "Ela Vai Chamar Sua Atenção", eles utilizam de forma sagaz o trocadilho, ao convidar ao palco, Allice - famosa por tirar a roupa em alguns shows de rock na cena carioca. 

Embora seja uma banda independente em ascensão, a Drenna parece conhecer bem os atalhos de um grande palco. Pois para quem foi confirmado no line up aos 44 minutos do segundo tempo por ter vencido um concurso popular, a impressão passada pelo quarteto foi de que seu lugar já estava guardado desde sempre - e estava mesmo. 

Foto Adriana Vieira
Foto Adriana Vieira
Foto Adriana Vieira

0 comentários:

Postar um comentário