segunda-feira, 30 de junho de 2014

DISCOS: NARDONES (Vol.1: O Horror Supremo Despertou)

NARDONES

Vol.1: O Horror Supremo Despertou

Independente; 2014

Por Bruno Eduardo








"Nardones é como uma mistura de Heavy Metal com Sisters Of Mercy!" - definiu Michale Graves

Graves não deve saber. Mas ele é responsável direto na proposta dos Nardones. A influência dos Misfits (ex-banda de Michale) está explícita no visual do grupo. Sonoramente, no entanto, há variáveis interessantes a considerar, mas a preferência vem quase sempre na pegada trash/death com afinação reduzida das guitarras. O som dos Nardones é algo que ultrapassa o punk tradicional de músicas como "Prato Principal". Há riffs de metal bem tramados ("Os Mortos Caminharão" e "Alma Gêmea") e vocais exóticos - que vão do lírico baixo ao gutural. 

Os Nardones se apoiam na literatura estrangeira e nas obras cinematográficas para obter uma proposta original quando o assunto é causar arrepios. Tal referência pode ser comprovada em músicas como "A Coisa Veio do Espaço" (que faz menção ao O Enigma de Outro Mundo,  de John Carpenter) e “O Chamado” - com sua guitarra oriunda do punk melódico noventista de bandas como Offspring e Bad Religion

No disco há ainda momentos retraídos, onde o romantismo vem em cápsulas desapropriadas ao mundo ortodoxo das novelas. Em uma declaração digna de um personagem do seriado The Walking Dead, o Dr. Jack suplica o amor ainda não correspondido: "Teu lugar é do meu lado. A sete palmos!" - da música "A Sete Palmos", que já possui um vídeo clipe, com produção do artista plástico Luiz Carlos de Carvalho. 

Vol.1: O Horror Supremo Despertou é um alerta aos desavisados. Prepare-se: Uma epidemia de terror está invadindo o rock nacional. Os zumbis despertaram!


Assista: A Sete Palmos

0 comentários:

Postar um comentário