Últimas

Post Top Ad

Your Ad Spot

'Liberta' mostra a essência do FLICTS, uma das bandas mais importantes do punk nacional


Flicts ao vivo em 2018: banda lança documentário necessário

Por Ricardo Cachorrão Flávio

Voltando um pouquinho no tempo, lembro-me de quando os FLICTS lançaram o disco “Singelos Confrontos”, em 2013, quase 10 anos depois do álbum anterior, e, depois de um hiato de 5 anos da banda, que havia terminado logo após uma turnê europeia e a desistência do baterista Rafael Covre de seguir com a banda. Nessa oportunidade, encontrei os caras em algum lugar, nem lembro se era um show, um churrasco ou o aniversário de alguém, mas pedi ao baixista Jeferson Bem, “Jef, vamos marcar uma entrevista para falar da volta da banda, do disco novo, tem muito assunto...” e ele respondeu na lata “entrevista não, vamos marcar todos de ir num boteco tomar cerveja e lá trocamos ideia, gravamos isso e tá tudo certo”... ideia excelente, mas que acabamos não concretizando, ninguém sabe por quê!


E a lembrança veio assistindo ao sensacional documentário LIBERTA, produzido pela 13 Produções e lançado pela Red Star Recordings, que mostra os três amigos Rafael, Jeferson e também o guitarrista e vocalista Arthur Covre, numa mesa de bar, relembrando e contando toda a história da banda, desde o surgimento, em 1996, na Zona Norte de São Paulo, entre os bairros de Pirituba e Freguesia do O, contando tudo, das mudanças de formação, perrengues de procurar onde tocar e o crescimento enquanto banda, que faz deles hoje uma das mais importantes bandas do punk brasileiro.


Num papo descontraído e divertido, a história da banda se confunde com a história do movimento punk paulistano a partir dos anos 90, e para quem vive dentro desta cena, chega emocionar ver tantos amigos, de tantas bandas, da galera que está sempre junto nos shows, donos das casas, enfim, toda uma cena é mostrada durante o filme, que passa voando, sem percebermos o tempo passar. Detalhes de turnês, o ‘ritual’ do público de atirar latas de cerveja no baterista Rafael durante os shows, polêmicas como a da música “Cerveja”, que a banda não toca mais por conta do teor machista, assumido pelos rapazes e muito mais.


Com depoimentos de inúmeros amigos, LIBERTA mostra o crescimento dos garotos, seu amadurecimento, até se firmarem como verdadeiros formadores de opinião de toda uma geração. O lançamento oficial do filme havia acontecido ano passado, durante o festival IN-EDIT Brasil – Festival Internacional do Documentário Musical, em sua edição online – em razão da pandemia do novo coronavírus / covid-19, e agora recebe uma edição física caprichada que todo fã deveria ter em casa! E, como bônus, ainda leva um show completo da banda no Hangar 110, o palco punk mais importante de São Paulo, numa noite lotada e repleta de energia, como sempre é quando os FLICTS estão no palco.

Post Top Ad

Your Ad Spot