Últimas

Post Top Ad

Your Ad Spot

Bruce Springsteen de corpo e alma para os fãs em 'Letter To You'

Bruce Springsteen: Boss lança seu vigésimo álbum de estúdio
 
Bruce Springsteen
Letter To You
⭐⭐⭐⭐ 4/5
Por  Rosangela Comunale 

Depois de seis anos afastado da E Street Band, Bruce Springsteen finalmente se junta aos músicos e lança o 20º álbum de sua carreira que já acumula 47 anos. Intitulado Letter to You, o trabalho mostra um artista seguro do que quer ao apresentar canções bucólicas, do jeito que tem feito nos últimos anos, com um quê autobiográfico, digamos assim.

Em termos sonoros, riffs e solos óbvios como em “Burnin´Train” e uma canção um pouco mais classic rock como “Ghosts” com uma intro de batera e um verso pra rocker nenhum desprezar: “I hear the sound of your guitar”. 

Mas Bruce mostra uma obra que passeia mesmo pelo velho mundo bobdylesco em suas melodias, algo que o fã certamente deve esperar. Aliás, falando no Bob, “Letter to You” é resultado da primeira vez que Springsteen gravou em estúdio com a banda toda junta e misturada, sem instrumentais separados, mesmo método bastante utilizado por Dylan e Neil Young.

Algo que chama a atenção nas faixas é a alusão a elementos místicos, mais uma característica que Bruce estampa desde outros álbuns como The Rising (2002) e Wrecking Ball (2012). Desta vez, temos “The Power of Prayer” (“O Poder da Oração”), “If I was the Priest” (Se eu fosse o padre”) e “Ghosts” (Espíritos), mostrando inspiração em suas raízes católicas.

Outra canção que se destaca, mais pela sua história do que pela sonoridade, é “Last Man Standing” (“O Último Homem que permanece”). Trata-se de uma homenagem, quase uma meditação, a George Theiss, morto em 2018, ex-companheiro de sua banda da época de adolescência,The Castiles. Com isso, Bruce se tornou o último componente vivo do antigo grupo. Esta música, inclusive, foi o starting point para todas as outras do disco. A mola propulsora para dar o gatilho para o resto das composições. 

Se você é fã do The Boss, o cara que fez história no Rock in Rio ao incendiar a plateia em 2013, vai gostar do álbum pois não decepciona. Um trabalho não surpreendente porém fiel e feito para fãs.

Caso você queira saber mais ainda sobre este novo disco de Bruce Springsteen, acompanhe a edição especial do O PAPO É POP, clicando AQUI.

Post Top Ad

Your Ad Spot