Black Stone Cherry e Airbourne juntos no Brasil em agosto de 2021

Black Stone Cherry volta ao Brasil em agosto de 2021

Black Stone Cherry teve que cancelar sua passagem pelo Brasil este ano por conta da pandemia. Mas o grupo manteve o país em suas prioridades, e já agendou novas datas para o próximo ano. Só que agora, além do Black Stone Cherry, as apresentações terão também o Airbourne, em dois shows integrais, com muito rock e apenas um ingresso. As novas apresentações irão acontecer em Porto Alegre (dia 19/08, no Teatro Opinião), Curitiba (dia 21/08, na Ópera de Arame), e em São Paulo (dia 22/08, no Tropical Butantã).


Formada em 2001 como um grupo de hard rock, o Black Stone Cherry é uma banda de hard rock com tendências country e um pouco de blues, aproximando seu som de nomes como Lynyrd Skynyrd, ZZ Top e Allman Brothers. O primeiro álbum do grupo foi lançado em 2006 e já entrou direto no Top 200 da Billboard. Mas o BSC ganhou mais notoriedade com o seu segundo trabalho, Folklore And Superstition (2008), que trazia "Blind Man", que atingiu o a posição #19 na Billboard. Logo depois saíram em turnê pela Europa tocando nos principais festivais, e abrindo alguns shows para Def Leppard e Whitesnake. 


A banda chegou a tocar no Brasil em 2016, quando foi uma das atrações do Maximus Festival, que aconteceu no Autódromo de Interlagos, ao lado de nomes como Rammstein, Marilyn Manson, Bullet For My Valentine, Disturbed, Shinedown, Hollywood Undead e outros [saiba como foi AQUI na nossa cobertura do festival].


Já o Airbourne é uma banda de hard rock australiana, formada em 2003, e que já gravou quatro álbuns de estúdio. Frequentemente comparada aos conterrâneos do “AC/DC”, devido ao som seco, pesado e característico dos clássicos do rock dos anos 70, a banda tem sido muito elogiada por grandes estrelas do rock mundial como The Rolling Stones, Mötley Crüe, Iron Maiden e outros.

Bruno Eduardo

Jornalista e repórter fotográfico, é editor do site Rock On Board, repórter colaborador no site Midiorama e apresentador do programa "ARNews" e "O Papo é Pop" nas rádios Oceânica FM (105.9) e Planet Rock. Como crítico cultural, foi Editor-chefe e colaborador do Portal Rock Press, e colunista do blog "Discoteca" da editora Abril. Desde 2005 participa das coberturas de grandes festivais como Rock in Rio, Lollapalooza Brasil, Claro Q é Rock, Monsters Of Rock, Abril Pro Rock, Summer Break Festival, Tim Festival, entre outros. Na lista de entrevistados, nomes como Black Sabbath, Aerosmith, Queen, Faith No More, The Offspring, Linkin Park, Legião Urbana e Titãs.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
SOM-NA-CAIXA-2