Header Ads

test

Lollapalooza Brasil: Spoon apresenta indie rock padrão e agrada no Lolla

Britt Daniel não economizou esforço no show do Lollapalooza [Foto: Camila Cara]
Por Bruno Eduardo

O Spoon foi formado em meados dos anos noventa e no início da carreira tinha influência de bandas de rock alternativo como Pixies, Sonic Youth e outras contemporâneas. Mas o tempo passou e hoje a banda encontra-se num patamar indie com alguns lampejos que remetem aos irmãos Gallagher. Bom, pelo menos foi isso que o público assistiu nesta apresentação do Lolla.

A banda subiu no palco com "Do I Have To Talk You Into It", de seu mais recente trabalho, Hot Thoughts, lançado no ano passado. No fundo do palco, um enorme telão mostrava imagens coloridas, assim como a capa do novo disco, mas os telões laterais do show tinham a banda em preto e branco, o que causava um contraste visual interessante aos olhos mais atentos. Sonoramente, o público mostrou boa receptividade desde o início e acabou curtindo o modelo rock alternativo de canções como "Inside Out" e "The Beast And Dragon, Adored", que deixam mais forte ainda a referência de Oasis na cartilha do grupo.

Já a performance da banda é levada pelo carisma de Britt Daniel e pela energia do guitarrista Eric Harvey, que agita durante toda a apresentação. Em vários momentos, Harvey esmerilha sua guitarra de forma despojada, à-la Thurston Moore (Sonic Youth) e lembra que o rock alternativo ainda corre forte nas veias. Mas o lado alternativo da banda abre espaço também para canções de adereço pop, o que faz o show perder um pouco a energia. De todo modo, eles encontram força na parte final, principalmente quando voltam a revisitar o álbum They Want My Soul, lançado em 2014, e que possui a excelente "Rent I Play", que finaliza o show de forma positiva.

Nenhum comentário: