Header Ads

test

Cólera: após bater meta na campanha do novo disco, banda libera single e release oficial

Banda lançou campanha de financiamento coletivo para novo disco

Por Ricardo CACHORRÃO Flávio

1979... Helinho encontra Redson, que chama Pierre, que encontram Kinno! Nasce aí uma instituição! CÓLERA!

1980... Mudança no time, formação clássica... Redson, Val e Pierre!

1981... 1982... 1983... 1984... 1985... 1986... 1987...
Grito Suburbano... O Começo do Fim do Mundo... Sub... 1.9.9.2.... Tente Mudar o Amanhã... Cólera & Ratos... Ataque Sonoro... tretas... movimentação... falta de shows... correria... exílio... fitas K7... C.I.C.... Rio de Janeiro... Circo Voador... Pela Paz em Todo Mundo... Dê o Fora... É Natal!!!?... European Tour’87...

1988... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... 2010...
20 minutos de Cólera... Val...  J&B Nikima... Independência ou Morte... Verde, Não Devaste... Mundo Mecânico, Mundo Eletrônico... Fábio... Caos Mental Geral... Plebe Rude... Inocentes... 20 Anos... Deixe a Terra em Paz... Europa... Primeiros Sintomas... ACORDE! ACORDE! ACORDE! mencionado e nascendo... Combat Rock... Val... Cólera Project... mais Europa... 30 anos sem parar...

27 de Setembro de 2011
22:30, toca o celular: “REDSON CHAMANDO” no visor. “Oi Reds, o que manda?”, “Cachorrão, aqui é a Zuleika! A notícia não é boa, acabamos de perder o nosso irmão! O Red nos deixou! Estou com o Wendel no hospital, por favor, avise todo mundo, passe a notícia... você tem o telefone do Pierre? Preciso avisar ele e o Val...”. Minutos depois no orkut, Val escreve “A MAIOR DE TODAS AS PERDAS”, na página oficial da banda.

2011... 2012... 2013... 2014... 2015... 2016...
Família Cólera... Tributo... Hangar 110... Wendel Barros... Anselmo Pessoa... Cacá Saffioti... turnê de Norte a Sul... Fábio Belluci... Colômbia... relançamentos... EAEO... ACORDE! ACORDE! ACORDE!

ACORDE! ACORDE! ACORDE!

Após o falecimento do Redson, contrariando as expectativas, Pierre e Val decidem que a banda continua na ativa e não tarda a apresentar Wendel Barros, garoto que já fazia parte da chamada “Família Cólera”, ex-roadie da banda e amigo de longa data, aluno de canto de Redson e cantor da banda Sociedade Sem Hino, como novo vocalista, que conta ainda com Anselmo Pessoa, das bandas Kolapso 77 e Skamoondongos, na guitarra.

Após alguns shows, Anselmo sai da banda por motivos particulares e outro velho amigo é chamado para o seu lugar, Cacá Saffioti, guitarrista que passou, dentre outros, também por Kolapso 77 e Garotos Podres.

Depois de muitos shows por todo o país, é a vez de Cacá ter seus motivos para se afastar, e, como das outras vezes, nada de testes ou procura por um novo membro, uma pessoa próxima da banda é convidada a fazer parte do time, e Fábio Belluci, menino talentoso, multi-instrumentista, baixista da Sociedade Sem Hino e que possui o interessantíssimo trabalho solo “Satélites Fora do Ar”, assume a guitarra do Cólera.

A presença de Fábio na banda traz um novo vigor, e após shows de Norte a Sul do país e até uma pequena gig na Colômbia, o agora quarteto acha que chegou a hora de mostrar que o Cólera continua vivo e não vive apenas de um passado glorioso. É a partir daí que ACORDE! ACORDE! ACORDE!, o trabalho que vinha sendo pensado e criado por Redson, Pierre e Val em 2006 volta à tona. A partir de gravações de ensaios, rascunhos de letras encontradas nas coisas do Redson e o que a antiga cabecinha do Pierre lembra, 13 faixas inéditas foram ajustadas, terminadas, e postas em prática!

Wendel ficou encarregado de terminar de compor a maioria das letras inacabadas, Fábio, Val e Pierre, finalizaram arranjos e o trabalho finalmente está pronto, incluindo 5 faixas que compõem a “ÓPERA DO CAOS”, uma legítima ópera punk, concebida e criada pelo Redson, que era um sonho dele, que por muitas e muitas noites debatemos em encontro de amigos em sua casa, ao som de New Model Army e Mestre Ambrósio.

O disco traz a mesma urgência sempre presente no punk rock do Cólera, que, sem nenhum exagero, é uma das bandas mais importante do estilo em todo o mundo, além de incorporar novas sonoridades, como a presença de metais nas gravações e influências diversas de todos os membros.

Que o grito nunca seja em vão! 1979 – 2018, CÓLERA, 39 anos sem nunca ter parado!

Ouça o novo single, "Somos Cromossomos":

Nenhum comentário: