sábado, 19 de setembro de 2015

Rock in Rio: Royal Blood se mostra competente mas não esquenta público

Foto: Adriana Vieira

Por Rafael Rodrigues

Cercado de grande expectativa, o duo britânico Royal Blood fez uma apresentação considerada morna para aqueles que acompanham a curta carreira da banda. No entanto, eles se mostraram competentes e se esforçaram ao máximo para tentar agradar os fãs de Motley Crue e Metallica, que em raros momentos responderam a banda de forma calorosa.

Com exceção de "One Trick Pony" (lado B do single Ten Tonne Skeleton), o repertório foi quase que totalmente baseado em seu ótimo disco de estreia - lançado no ano passado. Abrindo com "Come On Over", o show se manteve tecnicamente perfeito, mas mostrou poucos pontos altos com o público - que aconteceram justamente nas canções mais conhecidas ("Figure it Out", "Little Monster" e a excelente "Out Of The Black"). Aquilo que parece ser a grande sacada da banda - ser um duo que não possui guitarras - acaba limitando bastante a interação com o público. Mike Kerr é poderoso com seu baixo, mas pareceu intimidado com a apatia da galera. No Rock in Rio, talvez a proposta desse melhor resultado em um modelo mais alternativo como do Palco Sunset, por exemplo. 

A apresentação terminou com uma pequena execução de "Iron Man", que levou a galera banger a ter um de seus poucos momentos de entusiasmo com a banda - o outro foi logo em seguida, no mosh do baterista Ben Tatcher. Um bom show, mas que tinha potencial para ser muito melhor. 

Foto: Adriana Vieira


Continue ligado na nossa cobertura oficial Rock in Rio. Curta a nossa fã page no facebook e siga @rockonboard no twitter e instagram.

0 comentários:

Postar um comentário