quarta-feira, 17 de junho de 2015

Roberta Medina sobre Rock in Rio USA: "Os americanos ficaram surpresos com o que viram"


Por Bruno Eduardo

Em reunião realizada nesta terça-feira (17), no Rio de Janeiro, Roberta Medina aproveitou para falar sobre as impressões deixadas com a primeira edição americana do Rock in Rio - que aconteceu no mês passado em Las Vegas. Segundo a empresária, os americanos ficaram surpresos com a estrutura da Cidade do Rock. "A reação dos americanos ao entrar na Cidade do Rock era algo que eu não tinha visto ainda. Talvez pela maioria dos festivais lá, serem no estilo de campings, a Cidade do Rock causou as mais diversas reações no público". Segundo ela, o local foi replicado de forma fidedigna ao modelo conhecido pelos brasileiros. "O formato foi idêntico ao que apresentamos no Brasil. Era até estranho, porque parecia que eu estava no Rio de Janeiro, cercada de pessoas falando em inglês". Segundo a produção, o Rock in Rio Las Vegas reuniu 172 mil pessoas em quatro dias, e já possui duas edições confirmadas para 2017 e 2019 nos Estados Unidos. 

Sobre a edição brasileira, que acontece em setembro, Roberta Medina acredita que o line up escolhido para esse ano vai reunir muitas famílias, e pessoas de várias faixas etárias. Ela citou como exemplo o primeiro dia do festival, que terá o show em homenagem aos trinta anos do Rock in Rio. "Tenho certeza que o show de abertura será uma coisa linda. Será uma verdadeira homenagem a música brasileira. E não podemos esquecer que o encerramento será do Queen, que é uma das maiores marcas da primeira edição. Ou seja, vai ser um dia de choradeira", brincou.

Produtos oficiais Rock in Rio

A reunião, que aconteceu no escritório do festival, serviu principalmente para apresentar a linha de produtos oficiais, e reunir os parceiros comerciais do evento. Ao todo, serão 643 produtos licenciados, divididos em 76 categorias - um recorde em relação a edição anterior, quando o festival atingiu a marca de 600 produtos. 

Para este ano, a expectativa é que se atinja um impacto econômico de mais de R$ 2 bilhões na economia com a venda desses produtos - que vão de peças de vestuário a artigos de higiene, alimentação, beleza e automóveis.

Para Rodolfo Medina, vice-presidente de marketing e comercial do Rock in Rio, apesar do cenário econômico do país não ser o mais favorável, a marca está superando as expectativas em relação a edição de 2013. O que, segundo ele, só reforça o poder agregador que o festival traz. "Poucas empresas no mundo possuem uma lista tão vasta de produtos quanto a marca Rock in Rio", afirmou Rodolfo.

O Rock in Rio retorna ao Rio de Janeiro (Cidade do Rock) nos dias 18, 19, 20, 24, 25, 26 e 27 de setembro. Todos os ingressos já estão esgotados. Para saber como ficou a programação completa do festival, com os artistas já confirmados, clique AQUI.

0 comentários:

Postar um comentário