segunda-feira, 7 de julho de 2014

5 Livros para o dia mundial do Rock


Por Bruno Eduado

O Dia mundial do rock está chegando! Nessa semana dedicada ao gênero, o ROCK ON BOARD sugere uma lista com CINCO livros fundamentais para que você amplie cada vez mais o seu conhecimento. Comece a sua semana do rock entendendo sobre a principal casa de shows do Rio de Janeiro. Volte no tempo e saiba como funcionou o mainstream e o rock independente nos anos noventa. Conheça também um lado do rock até então desconhecido, e se emocione ao lembrar de vários ídolos que nos deixaram. Todas essas histórias estão devidamente relatadas por visões para lá de especiais. Enquanto o disco rola na vitrola, deixe que a leitura tome conta de você.


5 Livros para o dia mundial do Rock



CIRCO VOADOR - A NAVE (Maria Juçá)
Essa obra traz a importância do mais famoso reduto do rock carioca. No ano em que o Circo Voador completa uma década de seu retorno, Maria Juçá fez de Circo Voador, A Nave, um diário de bordo - resumindo trinta anos de memória em 700 páginas. A obra faz o leitor voltar no tempo e invadir os bastidores de alguns dos shows mais significativos da história. Em 21 capítulos, Juçá relata uma visão intimista dos acontecimentos, com divulgação de imagens raras e reprodução de algumas entrevistas pontuais - como de Tim Maia, que é citado no fatídico show de 84 (que não aconteceu). Recomendadíssimo!

Para comprar, clique AQUI  




CHEGUEI BEM A TEMPO DE VER O PALCO DESABAR (Ricardo Alexandre)
O jornalista Ricardo Alexandre dá ao leitor uma visão privilegiada e astuta sobre o desenrolar do rock nacional dos anos noventa até os dias de hoje. Dividido em vários capítulos vivenciados pelo o autor, o livro pontua uma época de proliferação do gênero - explicando também todas as mutações contemporâneas. Em Cheguei Bem a Tempo de Ver o Palco Desabar, Ricardo Alexandre se distancia de qualquer responsabilidade editorial, para assim poder expressar uma visão descontraída - e particular - dos principais acontecimentos no mainstream noventista. 

Para comprar, clique AQUI  



NITERÓI ROCK UNDERGROUND (Pedro de Luna)
A saga do incansável Pedro de Luna (jornalista, produtor, quadrinista) está devidamente registrada em Niterói Rock Underground - com lembranças marcantes de uma cena rock’n’roll que ficou emoldurada no tempo. Além de relatar fatos, locais, eventos e bandas  inesquecíveis, o autor recheou o livro com seu arquivo pessoal de fotos, cartazes e flyers raríssimos, que enfim ganham vida numa edição de luxo. Niteroi Rock Underground é um tributo digno ao rock independente e faz o leitor refletir sobre todas as transformações sofridas no meio cultural.

Para comprar, clique AQUI 


HISTÓRIAS SECRETAS DO ROCK BRASILEIRO (Nélio Rodrigues)
O lado B do rock e sua origem está nessa reveladora obra de Nélio Rodrigues. As 350 páginas do livro trazem histórias desconhecidas dos primórdios do rock brasileiro - vivenciadas entre os anos 60 e 70 (numa cena desprezada pelo mercado e desprovida de qualquer infraestrutura).Os capítulos do livro revelam a trajetória de bandas que caminhavam entre o pop descompensado/alternativo e o psicodélico, como Som Beat, Os Abutres, Soma, Módulo 1000, A Bolha, Os Selvagens, O Terço e a própria Equipe Mercado. Fundamental para quem quer entender o embrião do rock nacional

Para comprar, clique AQUI



O DIA EM QUE O ROCK MORREU (André Forastieri)
"Foda-se que John Lennon morreu. Era um babaca. Os tiros de Mark Chapman foram de misericórdia". As primeiras frases do livro definem o estilo errático e sempre brilhante do jornalista André Forastieri. Em sua estreia como autor, Forasta decidiu por uma seleção de textos antes publicados nos diversos veículos que fez parte. O Dia em Que o Rock Morreu reúne capítulos dedicados a heróis do rock que já morreram. O livro pode ser visto como um tributo não ortodoxo a personagens como Dio, Elvis, Freddie Mercury e Lou Reed (entre outros). O destaque fica por conta do encontro com Kurt Cobain - e entrevista na íntegra. De emocionar.

Para comprar, clique AQUI





0 comentários:

Postar um comentário