Últimas

Post Top Ad

Your Ad Spot

Lollapalooza Brasil: Arctic Monkeys justifica posição de headliner com grande show

Alex Turner mantém estilo rock retrô em grande show no Lolla (Foto: Camila Cara)
Por Bruno Eduardo

É impressionante o tamanho que este grupo britânico ganhou desde sua primeira apresentação no Lollapalooza Brasil, há sete anos. Naquela época, eles também foram headliners do evento, que estreava por aqui, ainda no Jockey Club. De lá pra cá, Alex Turner e cia foram deixando cada vez mais o garage rock de lado, e se enquadraram de vez no modelo mainstream, com sucessos radiofônicos e melodias mais contidas. Mas o golpe de confiança veio no contraponto Tranquility Base Hotel & Casino, novo disco do grupo, que desafiou os fãs mais tradicionais e que obteve ainda mais respeito da crítica, por trazer canções baseadas em formato diferente de tudo o que eles tinham feito até então. 

A música que abre o show, "Do I Wanna Know", é uma das melhores definições deste Arctic Monkeys, que faz o povo se esgoelar forte, mas que segura a onda nas guitarradas. Já "Brianstorm", que vem em seguida, é o outro lado da moeda: uma pancada que remete à fase de maioridade artística e segue até hoje como uma das preferidas da casa. O fato é que o AM parece crescer de forma gradual com o tempo de estrada e ganha corpo em cada novo álbum. Sendo assim, os shows da banda são uma nítida evolução de sua carreira consolidada, e evidenciam a força de um repertório que só cresce. "I Bet You Look Good On The Dancefloor", "Teddy Picker", "Dancing Shoes", "Knee Socks", "Cornerstone" são algumas que se juntam bem às novas - e muito boas - "Four Out Of Five" e "Star Treatment" (que abre o bis). 

O final com matadora "Are U Mine?", do álbum que consolidou de vez a banda entre as grandonas do rock (AM), só confirma a posição do Arctic Monkeys na atualidade, e de quebra, garante o selo de grande show deste primeiro dia de Lolla.

Post Top Ad

Your Ad Spot