domingo, 17 de setembro de 2017

Rock in Rio 2017: Maroon 5 satisfaz seu enorme fã clube em show bem mais animado que da noite anterior

Maroon 5 reencontra fãs no segundo dia de Rock in Rio (Foto: Adriana Vieira)
Por Bruno Eduardo

Pela segunda noite consecutiva, o Maroon 5 fechou o Palco Mundo do Rock in Rio - já que na sexta-feira, a banda foi escolhida para substituir a cantora Lady Gaga, que cancelou sua apresentação por problemas de saúde. Dessa vez, com o apoio de seu público, que lotou a Cidade do Rock ainda na parte da tarde, o grupo liderado por Adam Levine, desfilou seu repertório cheio de sucessos e não decepcionou. O setlist, por sinal, foi praticamente o mesmo do show anterior, com algumas pequenas mudanças, mas que não alterou em quase nada o formato dos dois dias. 

A principal diferença entre as duas apresentações da banda no Rock in Rio foi certamente a receptividade da plateia, que cantou forte todas as músicas do show. Isso também refletiu em uma maior disposição da banda, que parecia estar mais integrada com o público. Não é por menos. O grupo possui um dos mais apaixonados fã-clubes no Brasil, tanto que foi a primeira atração a ter sua carga de ingressos esgotada no Rock in Rio e que manteve a devoção ao acampar na Cidade do Rock desde as primeiras horas do dia (veja AQUI).
Adam Levine em seu momento "guitarrista" no show do M5 (Foto: Adriana Vieira)
O show começou mantendo o roteiro da noite anterior com "Moves like Jagger" e o superhit "This love".  Numa espécie de Greatest Hits ao vivo, o grupo embalou uma seqüência de sucessos invejável com "Misery", "Love Somebody", e "Animals" (com a introdução de sempre nos telões). Felizmente a banda não repetiu um dos pontos baixos do show de sexta-feira, que foi a inclusão de "Garota de Ipanema" no estilo "banquinho e violão" - em número totalmente dispensável. Em compensação, fizeram a alegria de muitos fãs ao incluir "Lost Stars", canção de Adam Levine feita especialmente para o filme 'Mesmo Se Nada Der Certo', bastante comemorada quando divulgamos o setlist do show no nosso instagram.

Assim como na sexta (15), o formato acústico voltou na parte final da apresentação e chegou ao ponto máximo da cantoria no sucesso "She Will Be Loved". Já sem camisa (para histeria de muitos), Adam Levine puxou o coro na última música da noite: "Sugar", que faz parte do último disco de inéditas da banda (V, lançado em 2014). Os fãs de Maroon V foram devidamente recompensados pela banda e pelo Rock in Rio, que deu a oportunidade única de dois shows em dois dias seguidos de festival.
O guitarrista James Valentine na segunda noite de Rock in Rio (Foto: Adriana Vieira)
Cobertura #rockinrio2017
Continue ligado na nossa cobertura oficial Rock in Rio. Curta a nossa fã page no facebook e siga @rockonboard no twitter e instagram e tenha tudo antes.

0 comentários:

Postar um comentário