Header Ads

test

Drenna faz releitura rock de Chico Buarque e lança a ainda atual, "Roda Viva"

Drenna é um dos principais expoentes da nova cena de rock [Foto: Adriana Vieira]
A banda carioca Drenna lançou um novo single nas plataformas digitais. Trata-se de uma versão para o clássico da MPB, "Roda Viva", de Chico Buarque. A canção aparece em formato rock, com guitarras e baixo presentes e uma bela interpretação da cantora Drenna, que mostra um grande crescimento vocal neste novo lançamento. "Roda Viva" já era incluída frequentemente nos repertórios do grupo, o que facilitou a decisão de gravá-la. Por coincidência, o lançamento do single acabou vindo numa época de ebulição política e midiática por conta de alguns acontecimentos fortíssimos. Drenna falou sobre a importância de uma música como esta nos dias de hoje:
Como convidar vocês para ouvirem música ou vibrarem diante uma situação tão triste. Independente da posição política, estamos perdendo vidas, pessoas, representantes por motivo alheio a nossa vontade. A realidade cotidiana de uma favela se torna a realidade do asfalto, de uma cidade como um todo. A realidade que era abafada por mídias ganha repercussão por nós mesmos. Nós somos a revolução e não aguardem o especial de fim de ano do fantástico. Faremos aqui e agora.
Para quem não sabe, "Roda Viva" foi originalmente lançada em 1967 no álbum Chico Buarque de Hollanda - Volume 3A canção ficou em terceiro lugar no III Festival de Música Popular Brasileira em setembro e outubro de 67. "Roda Viva" foi escrita para a peça de teatro de mesmo nome, também de autoria de Chico Buarque. A peça não tinha a ver com política, mas com a trajetória de um cantor massificado pelo esquema da televisão. Em julho de 1968 a peça foi montada em São Paulo quando o CCC invadiu o teatro, depredou o cenário e espancou os atores. Chico Buarque suspeitou, na ocasião, que o CCC pretendia invadir a apresentação do espetáculo dirigido por Augusto Boal, Feira Paulista de Opinião que acontecia em outra sala do mesmo teatro.

Para gravar "Roda Viva", o grupo carioca teve a produção de Felipe Rodarte, que também produziu o último disco da banda (Desconectar), e contou com a participação especial do duo experimental, Lítio. A gravação foi no cultuado Toca do Bandido e o resultado você pode conferir abaixo.

Nenhum comentário: