quarta-feira, 22 de novembro de 2017

Discos Odiados Que Amamos: The Spaghetti Incident? (Guns N' Roses)

Em 1993 o Guns N´Roses lançou seu último disco antes da separação
Por Rosangela Comunale

O troféu abacaxi que o “The Spaghetti Incident?”, do Guns N' Roses levou da crítica e de muitos de seus fãs na época de seu lançamento é algo questionável. Na verdade, o disco pode, sim, ser considerado uma ode ao primor dos clássicos do mundo do rock´n roll. A constatação disso já se revela na contracapa com a frase: “A great song can be found anywhere. Do yourself a favor and go find the originals” (“Uma grande canção pode ser encontrada em qualquer lugar. Faça um favor e encontre os originais”). 

O fato é que Axl Rose, Slash, Duff McKagan, Matt Sorum e Gilby Clarke (substituindo Izzy Stradlin na guitarra), realmente conseguiram estampar versões dignas de medalhões e fizeram muita gente novinha procurar as referências no maior estilo “Rock também é cultura, folks”.

Um dos destaques do registro é "Hair of the Dog", do Nazareth, que conta com a saudosa voz do Axl Rose personalizando a versão e levando a marca hard rock da banda para uma nova geração de fãs. Talvez a única bola fora dos caras tenha sido a não realização de uma turnê para o álbum já que na época alguns membros já trabalhavam em projetos paralelos. Ah, sim, e também  a “homenagem” ao assassino Charles Manson, morto recentemente, ao usarem "Look at Your Game, Girl" como faixa oculta, recebendo assim críticas ferrenhas da mídia e da população americana.


Por título de curiosidade, o álbum teria levado o nome de 'The Spaghetti Incident?' por conta de um episódio jurídico quando o ex-baterista do grupo, Steven Adler, processou seus ex-companheiros por atribuir ao Guns a culpa por seu vício em crack. Na ocasião, os membros do grupo, sentados juntos, atiraram em Adler um prato de macarrão fazendo referência, segundo Duff, a um dia quando a banda estava em Chicago em 1989 e Adler resolveu esconder a droga atrás de um prato de espaguete na geladeira.

Seja lá qual tenha sido o “pecado” do disco gravado entre 1992 e 1993, último antes do longo hiato do Guns, o trabalho produzido por Mike Clink apresenta, além de "Hair of the Dog", nove canções punk dos Damned, UK Subs, New York Dolls, The Stooges, The Dead Boys, Misfits, The Professionals, Johnny ThundersFear. A surpresa vai para o doo-wop, bem sessentista, dos Skyliners e inclui um medley do glorioso glam rock do T-Rex (Buick Makane) e, pra completar, uma revisitada com "Big Dumb Sex", do Soundgarden. Sem contar com a faixa bônus de "Look at Your Game, Girl", claro.


Apesar de uma fatura menor em relação aos outros discos, eles venderam cerca de 190 mil cópias na primeira semana, atingindo a quarta posição na Billboard. Estratégia para conseguirem manter o nome no auge já que estavam entrando em split up? Talvez. Afinal de contas, como disse o crítico Jonathan Gold, da Rolling Stone, em 1993, o próprio U2 apelou para a estratégia com o 'Rattle and Hum' quando a autenticidade deles tinha se tornado 'suspeita', nas palavras de Gold. Depois disso, lançaram 'Achtung Baby' que também dividiu opiniões.

Bom, esquecendo o preconceito às covers, podemos dizer que este quinto álbum de estúdio marca o fim da clássica era do Guns N'Roses e ainda assim mostra o vigor (principalmente vocal) de Axl. Podemos cravar aqui, com certeza, que 'The Spaghetti Incident?' é um divisor de águas na carreira da banda.

0 comentários:

Postar um comentário