domingo, 13 de março de 2016

Lollapalooza Brasil: Eagles Of Death Metal agrada público com rock 'sujo e malicioso'

Foto: I Hate Flash
Jesse Hughes: muito papo e riffs de guitarra para o público
Por Bruno Eduardo

Por conta dos atentatos no Bataclan, em Paris, o Eagles Of Death Metal passou a ser uma das bandas que mais despertaram o interesse nesta edição do Lollapalooza. Um grande público caminhou até o distante palco Ônix para poder conferir o som do quinteto, que originalmente conta com o líder do Queens Of The Stone age, Josh Homme. O grupo iniciou o show com o rock nervoso "I Only Want You", do segundo álbum da banda, Peace, Love, Death Metal, lançado em 2004. O riff sujão de "Don't Speak (I Came To Make A Bang)" veio em seguida e contou com boa presença do guitarrista Dave Catching (ex-membro do QOTSA).

Carismático, Jesse Hughes é daqueles que não perdem a oportunidade de conversar com o público. Despojado e sacana, ele caminha lado a lado com sua guitarra vermelha pendurada no pescoço, e agradece o carinho dos fãs enquanto dá suas tragadas. "So Easy" colocou o povo para dançar, enquanto "Cherry Cola" apresentou guitarradas capazes de deixar Buzz Osbourne (Melvins) orgulhoso. O som do Eagles Of Death Metal funciona bem ao vivo e convence a galera do rock, com muito garage, metal e punk ("Oh Girl"). Mesmo sem um sucesso popular, com exceção de uma cover do Duran Duran ("Save Prayer"), o grupo segurou o povo até o fim do show com pedradas de impacto, como o punk alternado de "Wannabe in LA". Quem foi até o palco Ônix nesta tarde, adorou o rock sujo e cheio de malícia que o grupo trouxe ao Brasil. Para quem não sabe, o EODM está na estrada desde o fim dos anos noventa e já possui quatro trabalhos gravados. O último, Zipper Down, entrou nas principais listas de melhores do ano passado. Felizmente, o público do Lolla teve a chance de ver isso ao vivo esse ano, e pôde garantir a eficácia da proposta. 

A galera de São Paulo terá mais uma chance para assistir ao Eagles Of Death Metal. O grupo se apresentam nesta terça-feira (15), no Cine Joia, ao lado do Vintage Trouble, outro destaque dessa edição.

Foto: I Hate Flash

0 comentários:

Postar um comentário